Como os Mapas Mentais podem te ajudar

July 8, 2019

 

Quando eu descobri sobre como usar os Mapas Mentais, eu simplesmente fiquei encantada. Podemos ordenar idéias, dentre elas, o mapa mental, e qual é o objetivo deste na vida cotidiana de cada pessoa?
 
No dia a dia, sempre estamos envolvidas em diversas atividades, ora agindo de modo espontâneo, fazendo literalmente tudo que nos vem à mente ao mesmo tempo, e as vezes vira até bagunça e não sabemos mais por onde começar e no entanto outras vezes, ficamos sem alcançar o tão sonhado objetivo, ou tentando nos planejar, mentalizando uma a uma as diversas ações  de uma enorme lista, e perdendo muita energia e tempo na execução de cada etapa até alcançar o objetivo.
 
Como alternativa entre os dois métodos (espontâneo e o linear), surge o mapa mental mostrando que as pessoas podem aprender a utilizar melhor o potencial da mente para pensar e organizar esse turbilhão de ideias que nos seguem diariamente, minuto a minuto.
 
Além de organizar e planejar as ações a serem realizadas, o mapa mental ajuda a intensificar a criatividade, gerir melhor o tempo e obter uma visão macro de um determinado assunto.

 

 

 

Você sabe o que é um Mapa Mental?
 
Um mapa mental é um método para organizar idéias usando ao máximo as capacidades mentais de uma pessoa ou de um grupo.
 
O mapa mental é obtido e desenvolvido em torno de uma palavra ou frase, situado no centro, para estimular ideias, palavras e conceitos. Em outras palavras, um mapa mental é um diagrama usado para representar palavras, ideias, desenhos, cores, tarefas, ou qualquer outro conceito interligados e dispostos radialmente ao redor de uma palavra chave (uma ideia central).
 
O método de ordenar ideias por diagramas vem sendo utilizado para gerar, estruturar e classificar ideias e projetos, e como ferramenta para estudar, planejar, organizar, solucionar problemas e tomar vários tipos de decisões.
 
O sistema convencional para tomar notas (trabalhar ou pensar um determinado tema) é linear, ou seja, disponibiliza um pensamento após o outro. Por sua vez, um mapa mental se trabalha as informações de modo radial a partir de uma ideia central. É a partir dessa ideia central (palavra) que se irradia uma série de linhas curvas ou galhos, inicialmente sem hierarquia com ideias associadas (uma verdadeira chuva de ideias).
 

 

E de onde veio o Mapa Mental?
 
O método do mapa mental foi popularizado pelo apresentador inglês da BBC TV e escritor de vários livros sobre psicologia popular, Tony Buzan, a partir da associação de idéias e o desenvolvimento da imaginação.
 
Ele afirma que a ideia foi inspirada na teoria da Semântica Geral, do norte-americano Alfred Korzybski, bastante popularizada em novelas de ficção científica de autores como Robert A. Heinlein e AE van Vogt, principalmente. Ele também utiliza conhecimentos populares sobre os hemisférios cerebrais para defender o uso da cartografia mental como forma diferente de fazer anotações.

 

 

É fácil de usar?
 
Grau de dificuldade baixa, o método do mapa da mente pode ser usado por qualquer pessoa e para qualquer situação ou objetivo, desde o pessoal e familiar (planejar aquelas férias tão sonhadas), educativo e empresarial. Ajudar muito em sala de aula ou palestras, como para chegar a uma conclusão quanto a uma dúvida (tempestade de ideias).
 
Este método é super interessante para quem precisa estudar, seja para realizar provas de concursos ou vestibular, melhorando consideravelmente a eficiência em memorizar muito mais.
 

 

Utilizando o Mapa Mental na prática:
 
Ele é totalmente baseado nos princípios da associação e imaginação e sua estrutura inspira-se nos sistemas orgânicos do ser humano, como, por exemplo, as células do cérebro – crescendo a partir de dentro (núcleo ou palavra, imagem central) para fora, de forma dinâmica e radial, estimulando a criação de novas idéias intercaladas por ramificações (galhos).
 
Palavras-chave – Como uma célula, em cada ramo (galho) é colocado uma única palavra-chave, pois desta forma pode-se obter todas as possibilidades para o pensamento chave em questão. Podem ser usados ainda desenhos, imagens ou símbolos que representam o pensamento chave em cada galho. Se várias palavras ou imagens são usadas no mesmo ramo, várias idéias estariam entrelaçadas, modificando a liberdade de associação o que não é o ideal, pois prejudica todo o ordenamento das ideias.
 
Galhos - Em um mapa mental, as ideias irradiam-se de um pensamento chave (uma palavra ou uma imagem, como dito anteriormente) através de vários galhos, como de uma árvore. Os galhos do mapa mental permitem seguir facilmente uma linha de pensamento. Além disso, a grossura de um galho permite diferenciar as ideias principais das secundarias e sucessivas. Estes galhos também começam mais grossos (ideias de maior força) e ficam mais finos nos extremos (ideias de menor força).
 

 

E para que eu quero um Mapa Mental?
 
1- Resolver conflitos;
2- Esbouçar um projeto;
3- Unir palavras e imagens;
4- Explorar o potencial de criatividade;
5- Ordenamento de uma ideia;
6- Desenvolver equipes;
7- Formar atividades de sinergia.

 

 

Baixe aqui o passo a passo para elaborar seu Mapa Mental

 

 

Com amor,
Lane Lucena
❤💙❤

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Please reload

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now