Refletindo sobre os unsusbscribed da vida digital por Lane Lucena

May 11, 2018

 

Ando gostando muito quando as pessoas se descadastram da minha "newsletter".

Como assim?

Lembra de quando criávamos aquelas páginas lindas e maravilhosas para capturar leades? No início ter uma lista grande era sinal de: poxa, estou demais. Sair alguém da lista era um calvário do tipo: ninguém me ama, ninguém me quer, o que eu fiz de errado?

Isso era um grande sofrimento: eu precisava ser validada a todo momento, pois eu não confiava na minha capacidade.

Criava mil produtos e nada acontecia, poucas conversões. Isso me angustiava e me deixava exaurida, meu processo criativo ia lá pra baixo. Porém, nunca tive vontade de desistir.

Hoje, ainda mantenho para e-mail marketing o bom e velho "mailchimp gratuito", de tempos em tempos, vou lá e excluo quem está pendurado por lá e não lê meus e-mails. Faço isso sem nenhuma dor ou sensação de culpa, pois, sempre a lista está sendo renovada e quem permanece por lá é quem suporta meus erros gramaticais, lançamentos de produtos e tudo mais. São fiéis leitores e merecem uma "medalha de resistência" por sobreviverem as minhas transformações e acreditarem em mim.

São essas pessoas fiéis que compram e recompram meus produtos e serviços, indicam outras pessoas pelo processo boca a boca, que é o que mais tem funcionado.

Hoje eu não tenho mais páginas com iscas para atrair público, ou seja, a página existe e está lá, mas não ando divulgando como antigamente.

Porque falar sobre isso? Falo hoje sobre isso para aqueles que estejam começando seus negócios digitais. Todo início existem sonhos que são necessários, existem dores que nos amadurecem, existe plantio que floresce um dia e existe paciência que garante o equilíbrio.

Empreender não só digital é percorrer degraus. Nesses últimos 4 anos, avancei alguns degraus, ainda restam tantos outros, ainda há muito o que adubar, plantar, esperar, colher e plantar novamente.

Quando eu era pequena, eu não entendia o motivo de meu avô agricultor, deixar alguma parte da terra entre um plantio e outro sem cultivo. Hoje isso está bem claro agora. O mesmo ocorre com nossos produtos ou serviços. Precisamos esquecê-los por vezes, para assim, podermos renová-los com uma nova adubação (roupagem).

Se você tem aquele velho produto que não deu certo, que não decolou. Olhe hoje para ele e, veja o quanto a sua mentalidade mudou, o quanto você se renovou, o quanto você aprendeu e o quanto a sua capacidade de criatividade se expandiu.

Mudamos todos os dias e, assim a nossa visão vai se modelando, pois aprendemos constantemente com as nossas vivências e com as experiências dos outros.

Bom, é isso, hoje eu acordei fazendo essa reflexão sobre os "unsusbscribed" da vida. 

 

Abraços,
Lane Lucena
...................................................................
Psicanalista Clínica, pós-graduada em comportamento organizacional e gestão de pessoas. Especializações em psicopedagogia clínica e psicologia e saúde mental.


Coach de Escrita e Facilitadora de Práticas de Atenção Plena. Criadora do "Curso e da Coleção de Cadernos Terapêuticos EscrevArte - A arte de escrever - que utiliza o recurso da escrita expressiva e intuitiva como ferramenta de autoconhecimento.     

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Please reload

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now