O medo permite decidir se devemos enfrentar ou fugir de uma ameaça, a partir de um cálculo veloz que é feito na área do cérebro responsável pelos comportamentos primitivos, associados à sobrevivência. A região do cérebro que ativa o medo é o córtex pré-frontal. A mesma região é associada com os analgésicos naturais, produzidos pelo corpo para reagir ao pânico.

Trollador é aquela vozinha interna nos dizendo: “você não é bom o bastante” “você não consegue” ou ainda “você é um fracasso”.


O experimento de emoções negativas é inevitável e, em alguns momentos até, benéfico. No entanto, em níveis altos, quando a sua experiência é demorada, ou frequentemente desconfortável, as emoções negativas podem desencadear múltiplos problemas, estando na base do aumento de agitações da ansiedade, inquietações físicas relacionadas com o nível de estresse, alterações de humor, entre outras. Neste sentido, pode-se pensar que as emoções positivas são importantes para a ciência do bem-estar, na medida em que são identificadoras de um bem-estar completo. No entanto, vários estudos têm comprovado que as emoções positivas, mais que sinalizadoras, determinam um funcionamento saudável do corpo e que se prolonga no tempo, não se limitando ao momento emoc...

Ando gostando muito quando as pessoas se descadastram da minha "newsletter".

Como assim?

Lembra de quando criávamos aquelas páginas lindas e maravilhosas para capturar leades? No início ter uma lista grande era sinal de: poxa, estou demais. Sair alguém da lista era um calvário do tipo: ninguém me ama, ninguém me quer, o que eu fiz de errado?

Isso era um grande sofrimento: eu precisava ser validada a todo momento, pois eu não confiava na minha capacidade.

Criava mil produtos e nada acontecia, poucas conversões. Isso me angustiava e me deixava exaurida, meu processo criativo ia lá pra baixo. Porém, nunca tive vontade de desistir.

Hoje, ainda mantenho para e-mail marketing o bom e velho "mailchimp gratuito", de tempos em tempos, vou lá e exclu...

Um caderno de memórias é um jeito de acessar muitas das suas emoções de forma a guardá-las e compartilhá-las no futuro. Se não escrevemos àquilo que queremos l

A atenção plena pode ser aprendida em programas combinando técnicas simples e de fácil aplicação em nosso dia-a-dia. A eficácia e a efetividade das intervenções baseadas em atenção plena para a promoção da saúde têm sido estudadas em uma variedade de populações, incluindo pessoas com diagnósticos de câncer, ansiedade, depressão, dor crônica, cardiopatias, e outros transtornos relacionados ao “estresse”; bem como em indivíduos considerados saudáveis, mas com níveis elevados de “estresse”, como profissionais, estudantes, atletas, entre outros.

Please reload

Blog

Siga

​© 2018 Niterói-RJ, Brasil, por Lane Lucena. Todos os Direitos Reservados

Psiqueanalise.com
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now